quarta-feira, 1 de maio de 2019

A Filha do Mercador de Seda - Opinião


A leitura deste livro foi uma viagem fantástica pela antiga Indochina, hoje Vietname, com descrições fieis das paisagens rurais e urbanas, e pormenores tão intimistas que deram um sabor especial ao livro. 
Dinah Jefferies é uma apaixonada pelos países da Ásia e fez um grande trabalho de pesquisa, visitando inclusive o país. Li "A Esposa do Plantador de Chá" e adorei, e só me falta um desta coleção. Não o vou ler de imediato porque gosto de ir alternando com outros autores. Este é um livro que fala da história recente do Vietname, da guerra entre os Franceses e os Vietnamitas e sobre os mestiços, filhos de franceses e mulheres vietnamitas. 
Adorei as descrições das vivências dos revolucionários nas montanhas do norte e a paisagem circundante. As descolonizações nunca foram pacificas, assim como as colonizações, e o assunto principal do livro é a guerra do colonizador francês e dos resistentes à ocupação do seu país. Em princípios da década de cinquenta do século XX, estavam criadas as condições para que os resistentes vietnamitas, expulsassem  o colonizador que os tinha subjugado. Dinah situou a estória nessa época, na cidade de Hanoi, hoje Ho Chi Min, e misturou personagens e fatos históricos com sabedoria. 

Rio Perfume

 Nicole conhece Trân, um revolucionário vietnamita que a ajuda a escapar aos seus problemas e  a leva numa aventura pelo norte do país, aventura essa carregada de beleza natural e perigos que ela nem sabia existirem por lá. No norte Nicole vive com os rebeldes e testemunha toda a brutalidade que  desconhecia. Vacila e fica presa num conflito de lealdades. Ser leal aos franceses - afinal é meio francesa - ou ser fiel aos vietnamitas com quem se identificava mais. Mas Trân era um homem que vivia apenas para o partido e veio a revelar-se demasiado cruel. 
 Mas não era por Trân que o seu coração pulsava e um dia ela vê-se obrigada a fazer uma escolha e é nessa altura que fica surpreendida com uma reação inesperada de alguém de quem ela não esperava mais nada. 

Este romance fala da ocupação vietnamita pelos franceses e do seu fim nesse país. Mas fala de amor, superação, rivalidade fraterna,  loucura, e coragem de continuar a lutar pela vida em situações extremas. 
Aconselho esta leitura de mais um livro desta autora. Bem escrito, bem documentado e com personagens que nos seduzem sempre. 

Sem comentários: