quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Dez verbos a evitar



Dez verbos que dizem em vez de demonstrar. A regra é: “ não diga, demonstre”. Claro que é um exercício difícil e que só consegue com alguma prática em escrever.  
  1. Aparecer
  2. Decidir
  3. Sentir
  4. Ouvir
  5.  Meditar
  6.  Realizar
  7.  Parecer
  8.  Pensar
  9.  Perguntar
  10. Perceber

Como é que evita usá-los, pergunta você? Demonstre as acções do seu personagem ao invés de dizer.
Não diga: Maria entrou em casa muito zangada.
Diga: Maria entrou em casa e fechou a porta com estrondo.

Não diga: João passeava na rua completamente distraído.
Diga: João parou no meio da rua. Um carro parou quase em cima dele e o condutor gritou-lhe “ Vê por onde andas ou anormal!”

Não diga: Susana sentiu o coração a partir-se quando viu o namorado com outra rapariga.
Diga: Não queria acreditar no que via. Os seus olhos deviam estar a pregar-lhe partidas. Não! Não era o Pedro e aquela mulher não ia pendurada nele! O estômago embrulhou-se e a vontade de vomitar obrigou-a correr em direcção a casa.

No primeiro rascunho é difícil evitar dizer em vez de demonstrar e não deve ficar muito preocupado com isso. Quando terminar o livro fique atento a este tipo de armadilhas que tiram a “graça” ao texto e fazem com que o leitor decida se continua a ler ou abandona o livro.
Deve evitar sempre usar estes verbos e dizer o que o personagem vai fazer? Claro que não. Há situações em que deve dizer ao invés de demonstrar, sobretudo em diálogos. No entanto, quando estiver a falar na terceira pessoa evite dizer, demonstre.



terça-feira, 8 de setembro de 2015

COMO PUBLICAR NA AMAZON SEM CUSTOS PARA O AUTOR



  • Quer publicar o seu livro mas tem receio que as editoras não aceitem o seu manuscrito?
  •  Já está cansado de receber respostas negativas das editoras?
  •  As propostas que recebeu foram no sentido de pagar a impressão do seu livro e vende-los você ficando por conta própria, ou seja sem qualquer hipótese de singrar no mundo da literatura?
  • Não sabe quantos livros vendeu na sua editora porque não tem controlo sobre as vendas?
  • Recebe uma ínfima percentagem ( cerca de 10%) do livro que passou meses a escrever e considera que não é justo?


Se o seu caso é um dos descritos acima, saiba que pode reverter esse processo. Como, pergunta você?

Se gosta de escrever, tem algum livro disponivel para ser publicado, não importa o género em que escreva, a AMAZON, é uma porta aberta para a auto-publicação e totalmente de GRAÇA.  

Depois de fazer alguma pesquisa sobre as hipóteses de contornar as editoras convencionais, que nunca cheguei a procurar, descobri o mundo fascinante da auto publicação. Existe muita informação disponivel na internet, sobretudo porque vários a autores se dispuseram a partilhar os seus conhecimentos sobre as plataformas disponíveis.

Em 2013 publiquei o meu primeiro livro, com base na aprendizagem feita nas pesquisas e confesso que não foi fácil familiarizar-me com o processo, sobretudo porque a plataforma está em inglês. 

Publico exclusivamente na Amazon porque depois de experimentar outras plataformas para autores independentes conclui que a AMAZON oferece boas condições e não deixa os seus autores abandonados, publicita os livros. 

Quais as vantagens de publicar na AMAZON? 

  • Disponibiliza o seu livro para milhões de leitores nas treze lojas que a amazon possui. Não se esqueça que mesmo que publique em português, há portugueses e brasileiros espalhados pelo mundo inteiro, então vai ficar surpreendido quando vender livros em português para o Japão, Índia, Estados Unidos etc.
  • Ganha dinheiro com os seus livros. Nos ebooks recebe 70% do valor de capa e nos livros impressos sob demanda 35%, portanto um valor muito superior ao que receberia numa editora convencional.
  • As editoras tradicionais vasculham a Amazon em busca de autores que fazem sucesso e chegam ao TOP de vendas, podendo vir a ter o seu livro publicado por uma editora famosa. 
  • Aparece na lista de vendas da Amazon, a mais popular do mundo ao lado de autores famosos e acredite que é uma felicidade ver os seus livros no TOP 100. Quando comecei a publicar nunca pensei ver os meus livros entre os mais vendidos e, neste momento quase todos estão entre os 100 mais vendidos em Literatura e ficção. 
  • Com esforço, dedicação e estudo, pode vir a retirar um bom rendimento com os seus livros. Há leitores para todos os géneros de livros, por isso não tenha receio. 
Claro que para chegar aqui foi ( e é) preciso muita dedicação, estudo, e muitas horas a escrever e a aperfeiçoar a escrita. Cometi erros como todos os autores independentes com a pressa de publicar, mas aos poucos fui aperfeiçoando o método.

O leitor pode questionar-se como pode ter a certeza que os seus livros vão ser aceites pelos leitores? 

  • O sucesso não é imediato. Com apenas um livro publicado, demorei cerca de três meses a vender o meu primeiro livro, mas grande parte dessa demora teve a ver com a minha ignorância sobre o processo. Hoje, com nove livros publicados, todos os dias vendo livros, sobretudo no Brasil. 
Vou agora começar a explicar o processo da auto publicação na amazon. Existem duas plataformas distintas, sob demanda ( os livros são impressos apenas quando existe compra) e em ebook Kindle. Qual vende mais? O mercado dos ebooks está em expansão e continua a superar a venda dos livros físicos. 

Aconselho a começar pela plataforma de livros fisicos ( createspace.com) para se familiarizar-se com o processo. 
  1. Inscreva-se na plataforma aqui. Se tiver duvidas e não dominar o inglês, utilize o google tradutor. Para se inscrever ( cadastrar) na plataforma é obrigatório abrir uma conta bancária onde a amazon possa depositar o dinheiro ganho com os livros ( royalties). Pode abrir a sua conta, durante o processo de inscrição na Payonner, um cartão Mastercard americano e basta seguir as instruções de inscrição no cartão, não precisa de efectuar mais nenhum procedimento. A Payonner vai-lhe pedir a confirmação da sua identidade e pode fazê-lo enviando os comprovativos dos documentos de identificação pessoal e fiscal por email. Utilizo esta conta da Payonner e nunca tive problemas, mensalmente a amazon deposita o dinheiro das vendas. 

No próximo post vou explicar passo a passo a publicação do seu livro no formato papel, desde a formatação do conteúdo até à concepção da capa. 

Até lá!





sexta-feira, 4 de setembro de 2015

terça-feira, 1 de setembro de 2015

O Homem do Deserto - Romance Contemporâneo


Disponivel na Amazon hoje!!

Foi lançado hoje na amazon o meu último livro "O HOMEM DO DESERTO", É um livro que aborda um tema polémico mas que não vou revelar o conteúdo por razões óbvias. 
O livro está disponivel no formato Kindle, em português, para todas as lojas da amazon em exclusividade e em breve vai ficar disponivel em papel. Podem adquirir o livro aqui. 

Descrição do enredo:

Lara Santiago possui tudo o que uma mulher poderia desejar na vida: uma carreira bem-sucedida como designer, um marido rico, charmoso, prestigiado como advogado, e uma beleza invulgar que a torna numa das mulheres mais bonitas e invejadas dos círculos sociais onde se movimenta. Mas guarda um segredo com ela que a obriga a tomar uma decisão drástica: fugir de casa. Apaga todos os sinais que a possam localizar e inicia uma longa viagem até às portas do deserto do Saara, onde se esconde. Mas o destino reserva-lhe uma surpresa que não estava nos seus planos. Conhece um homem, Mansur Janvier Mustapha «o homem do deserto», como é conhecido na cidade, e a sua vida nunca mais é igual. Lara conhece um amor improvável, arrebatador, carregado de erotismo e num lugar exótico: a combinação perfeita para viver um romance de sonho. E é então que um dia Lara desaparece misteriosamente…