quarta-feira, 17 de abril de 2019

TRAZ-ME DE VOLTA(B.A.PARIS) - OPINIÃO


Confesso que fui atraída pela autora. Li o anterior, AO FECHAR A PORTA, e gostei muito. Este  não me cativou tão facilmente como o anterior desde o inicio, mas rapidamente fiquei presa à história. Desta vez a autora trouxe-nos o tema da "despersonalização", algo que por aqui só conhecemos dos livros de psicopatologia, pois até hoje, na minha prática clínica, e do que conheço da realidade portuguesa, não existe por cá. Portanto este é um tema muito americano, algo que na academia se diz que "só pode ser americano", não no mau sentido, mas porque ao que parece certas patologias são mesmo especificas do lado de lá do atlântico e especificamente do território dos USA.
Voltando ao livro, é um pouco arrepiante e imprevisível e a dada altura, baralha-nos mesmo. A autora soube manter o suspense até ao final e eu nem imaginava sequer, que o desfecho fosse aquele. Só mesmo no final compreendi o titulo e até a capa. A leitura é compulsiva e li-o em três dias, porque não tenho mais tempo livre, mas é livro para se ler de uma assentada. 
Esta autora tem uma predileção pelas mentes complicadas, algo que partilho, como leitora, escritora e terapeuta, portanto este livro é do meu agrado por inteiro. 
Curiosamente, sendo a autora de ascendência franco-irlandesa, e vivendo em França, situa a história em Inglaterra, de uma forma muito verídica. 
Recomendo vivamente a leitura deste Thriller. 


Sem comentários: