terça-feira, 25 de dezembro de 2018

"O Segredo da Casa de Riverton - Opinião"

Kate Morton

Gostei muito deste livro. Adoro a escrita da autora, no entanto custei a engrenar com a leitura, porque a história começa de uma forma um pouco lenta, outras partes são um pouco pesadas, mas a escrita da autora, as personagens e as descrições, fizeram-se permanecer fiel à leitura, embora tenha demorado um pouco mais de tempo para ler 500 páginas, do que é habitual. Levei este livro de viagem quando fui a Londres - há três semanas - e andei por Londres nas ruas por onde se passam as cenas.
É tão bom imaginar as cenas quando se está no local!
Na segunda parte o livro acelera um pouco a sequência das cenas e torna-se impossível desviar os olhos da leitura. Quando se aproxima do final, então é de loucos e, o final é algo que jamais me passaria pela cabeça - enquanto leitora, porque como escritora achei genial -  e, até hoje fico a pensar no que levaria um ser humano àquela decisão. Não revelo mais. Leiam que vale a pena. 
Um romance deveras brilhante.


SINOPSE
Como sobrevivem os que presenciam a tragédia?

verão de 1924
Na noite de um glamoroso evento social, um jovem poeta perde a vida junto ao lago de uma grande casa de campo inglesa. Depois desse trágico acontecimento, as suas únicas testemunhas, as irmãs Hannah e Emmeline Hartford, jamais se voltariam a falar.

inverno de 1999
Grace Bradley, de noventa e oito anos de idade, antiga empregada da casa de Riverton, recebe a visita de uma jovem realizadora que pretende fazer um filme sobre a morte trágica do poeta.
Memórias antigas e fantasmas adormecidos, há muito remetidos para o esquecimento, começam a ser reavivados. Um segredo chocante ameaça ser revelado, algo que o tempo parece ter apagado mas que Grace tem bem presente.
Passado numa Inglaterra destroçada pela primeira guerra e rendida aos loucos anos 20, O Segredo da Casa de Riverton é um romance misterioso e uma emocionante história de amor.

Sem comentários: