quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

O Dia em que te Perdi - Opinião

Lesley Pearse


Como já afirmei por aqui algumas vezes, esta autora está no topo das minhas preferidas. Já li ( e estão na minha estante) todos os seus livros traduzidos para português. Não se deixem enganar pelas capas ( muito lindas na minha opinião) que remetem para o romance feminino, e pelos saquinhos de tule coloridos em que são vendidos. Lesley Pearse traz-nos sempre histórias profundas. 


Confesso que esperava mais deste livro, mas reconheço que a história toca todas as grandes emoções do ser humano. Lesley escreve sobre temas profundos e poderosos que transportam os leitores 
( penso que serão mais as mulheres a ler os seus livros), para o mundo do sofrimento e da resiliência. 
Este livro, quanto a mim, tem um titulo enganoso. O titulo original é mais apelativo e adequado à história. The Women in the Wood ( A mulher da Floresta), retrata a principal personagem do livro, pois, ao contrário do que o titulo da tradução portuguesa indica, não são os gémeos que protagonizam a história. 
Grace - A mulher da Floresta-,  um dia vê chegar à sua cabana isolada na floresta os dois gémeos (Masie e Duncan), recém chegados a casa da avó que vive no condado. 
A história dos irmãos, mistura-se com a de Grace, em momentos de grande sofrimento e de superação e mais não conto, para não estragar o prazer da leitura a quem pretenda ler o livro. 
O livro aborda temas como a pedofilia, o abandono, a doença mental e os rígidos costumes ingleses na educação das crianças, entre outros. 
Foi o segundo livro da autora que dei 4 estrelas, simplesmente porque não o achei genial, mas, no entanto, é uma boa leitura e traz-nos matéria para reflectir. 

Sem comentários: