domingo, 5 de outubro de 2014

JARDINS DE LUAR - UM ROMANCE DO SÉC.XVIII



“ 1789-ÉVORA no interior Alentejano. Isabel Rebelo está decidida a sair do convento onde o pai a colocara há cinco anos por não querer dar-lhe um dote para casar. Mas o que ela não suspeita é que é obrigada a escolher entre os votos definitivos e ficar na clausura o resto da sua vida, ou trabalhar na casa de Manuel Afonso de Barbosa, conde de Évora- Monte, como mestra da sobrinha deste e escapar ao domínio paterno desta forma. Ao chegar ao solar depara-se com um conde ainda jovem transbordando uma aura de virilidade. Isabel enceta um jogo de sedução e erotismo com Sua Senhoria, capaz de fazer corar a mais depravada das meretrizes. Mas, Isabel tem segredos que Manuel Afonso desconhece e os problemas começam quando o ganancioso morgado – pai de Isabel- contrata um cigano para a encontrar. Quando a paixão e a luxuria dão lugar ao amor, as suas vidas começam a unir-se e o conde tem que tomar uma decisão difícil para a sua vida. Parte para o Brasil com a sobrinha para cuidar das fazendas e arrisca-se a perder Isabel para sempre ou fica e assume a paixão que o consome, enfrentando os medos que o perseguem há anos? “ 

Sem comentários: