domingo, 11 de agosto de 2019

O Jardim das Flores de Pedra - Opinião


Deborah Smith é uma das minhas autoras preferidas e foi com grandes expectativas que comecei a ler este livro dias depois de o comprar. O drama de uma familia sulista comandada a pulso de ferro por uma matriarca que destroi quem se lhe atravessa no caminho, foi ao principio uma boa leitura. A familia está submersa em segredos - que não vou falar aqui para não estragar a leitura - e grande parte do enredo gira à volta desses mistérios. Bom, até aí tudo bem, mas a certa altura, achei que faltava aquele toque de "midas" que autora nos habituou em vários dos seus romances. Tudo bem, todos os autores tem livros menos bons, e seguramente este é um deles. No entanto, continua a ser uma escrita fabulosa, uma história bem imaginada e cativante, mas sem aquela profundidade nos personagens que ela nos habituou. É isso, os personaegns não são fantásticos, à excepção da matriarca que supostamente deveria ser uma personagem secundária e acabou por se tornar a principal, no meu entender. Não tem nada de mal, mas quem lê espera um par romântico bem construido e com força. Continua a ser uma boa leitura, que emociona em alguns aspectos mais para o final, mas talvez um livro mais ligth da autora. 

Sem comentários:

Publicar um comentário

A sua opinião é sempre bem vinda, desde que seja construtiva.