quarta-feira, 24 de maio de 2017

Isto acaba Aqui - Colleen Hoover ( Opinião)


Grande Vencedor do Prémio Goodreads, Melhor Romance de 2016

Sinopse
O que te resta quando o homem dos teus sonhos te magoa? 

Lily tem 25 anos. Acaba de se mudar para Boston, pronta para começar uma nova vida e encontrar finalmente a felicidade. No terraço de um edifício, onde se refugia para pensar, conhece o homem dos seus sonhos: Ryle. Um neurocirurgião. Bonito. Inteligente. Perfeito. Todas as peças começam a encaixar-se.

Mas Ryle tem um segredo. Um passado que não conta a ninguém, nem mesmo a Lily. Existe dentro dele um turbilhão que faz Lily recordar-se do seu pai e das coisas que este fazia à sua mãe, mascaradas de amor, e sucedidas por pedidos de desculpa.

Será Lily capaz de perceber os sinais antes que seja demasiado tarde? 
Terá força para interromper o ciclo?

A autora
Colleen Hoover é uma autora norte-americana que já atingiu o 1.º lugar no top de vendas do New York Times e comoveu muitos leitores com os seus seis livros publicados, incluindo Um Caso Perdido (Hopeless).
Colleen cresceu numa quinta, no Texas, casou-se aos 20 anos e tirou uma licenciatura em Serviço Social. Trabalhou nos Serviços de Proteção a Crianças, antes de voltar aos estudos para concluir a sua formação em Educação Especial e Nutrição Infantil.
Vive com o marido e os três filhos à beira de um lago no Texas.


Opinião - ISTO ACABA AQUI! Excelente titulo, excelente trama e escrita. Não consegui despegar do livro e li-o em dois dias. Um romance autobiográfico em que a violência doméstica é abordada de uma forma que faz o leitor pensar. Porque é que as mulheres vitimas ( ou homens, porque também são vitimas) não abandonam o agressor? Quem são estas vitimas? O que as faz ficar? Tudo isto a autora responde com um enredo muito bem fundamentado deixando-nos sempre em suspense e a quase decidir pela opção mais perigosa, mais emocional e menos racional. 
Lido com situações de violência no casal há muitos anos e, sempre que recebo alguém em consulta com queixas desse tipo, vou verificando que, poucos têm resiliência para se afastarem do agressor, para além que, ter filhos e condições económicas de dependência face ao par dominante, têm influencia na decisão.
 Este livro, veio mostrar uma outra faceta: alguém que se recusa a ser vitima e luta por se desprender desse "amor" doentio. 
Já escrevi e dei entrevistas  sobre o tema AQUI, no âmbito da psicologia num dos meus blogues, e deixo-vos os links caso queiram aprofundar o tema. 


Avaliei em 5 ***** no Goodreads e na Wook.  


Sem comentários: