sábado, 3 de dezembro de 2016

Eu e as mulheres da minha vida - Tiago Rebelo


Aos trinta e cinco anos, Zé soma uma década de casamento com a namorada da juventude, um filho e um emprego seguro. Tinha tudo o que sempre desejara, mas seria suficiente? Tornou-se num homem sem ambição, um bancário desinteressado que trabalha simplesmente para pagar as contas e cujo tempo livre passa por adormecer no sofá a fazer zapping. Um homem a entrar na inevitável crise dos 40, cinco anos antes de os completar.
Porém, um dia, tudo muda. Uma promoção inesperada no banco e o súbito interesse de Cátia por ele, uma mulher sensual e irresistível, vêm virar do avesso os dias pacatos e entediantes em que a sua vida se acomodara. Depois disto nada será como antes. Zé descobre um mundo novo, repleto de desejo e… traição. Nasce um homem novo, poderoso, sedutor, um vencedor nato. Mas conseguirá Zé lidar com esta fase vertiginosa e recuperar o equilíbrio sem consequências dramáticas para o seu casamento? Ou ver-se-á a braços com uma realidade que não consegue controlar?


Opinião

Há muito tempo que um autor português não me arrancava boas gargalhadas, talvez desde que li A Queda de Um Anjo de Camilo Castelo Branco ainda nos bancos do secundário. Este Zé, construído por Tiago Rebelo, é hilariante. O típico macho português, trapalhão, mulherengo e ingénuo que nem um caracol que se põe a jeito para ser pisado num dia de chuva, ao sair pela estrada fora deslizando. 
 Este é o segundo livro que li do autor e estou rendida. Sou fã!! Escrita leve, sem palavras difíceis que tornam a leitura por vezes densa e chata - recentemente abandonei um livro dum consagrado por esse motivo -, chama as coisas pelo nome delas e diverte-nos falando de coisas sérias, apresentando-as de forma quase cómica. Quantos Zés não existem por aí? 
O que mais me surpreendeu e agradou é que esta é a visão de um homem, e talvez por isso está tão maravilhosamente retratada. As personagens femininas são de igual forma muito bem construídas. Graça, Cátia e Sara, três mulheres diferentes, em torno do mesmo homem. Parabéns Tiago Rebelo, e desculpe de só ter lido os seus livros agora. 

Avaliado por mim em 5***** na Wook e no Goodreads.



Sem comentários: