quinta-feira, 5 de maio de 2016

O Aroma da Goiaba - Gabriel Garcia Márquez

Gabriel Garcia Márquez é um dos autores que gosto de ler e reler. No entanto este livro, nunca me tinha chamado a atenção. Um amigo, com quem por vezes falo sobre o processo criativo das personagens, do ambientes e as minhas motivações para escrever, ofereceu-me este livro à poucos dias ( que li de uma assentada) porque tem a ver com as nossas conversas, segundo ele. Obrigado João Antunes. De facto fiquei maravilhada com a leitura, porque o autor "despe-se" numa entrevista ao seu amigo de longa data Plinio Mendoza, onde fala da escrita, das suas motivações e do processo criativo, sobretudo onde vai buscar inspiração para as personagens. 
Seria muita arrogância da minha parte comparar-me a este prémio Nobel, mas identifiquei-me muito com a entrevista, e isso posso dizer. O que leva alguém a escrever é comum a todos os escritores, independente do género literário. Talvez por Márquez ser um romancista, eu goste tanto da forma como ele escreve, mas a simplicidade das suas histórias, histórias de gente comum, tem uma profundidade que só quem já viveu muito ( não só em tempo), consegue entender. 

E perguntam vocês, porque é que eu estou aqui a postar este livro?

Simples. Leiam e identifiquem-se à vontade, se são escritores. Acredito que quem escreve, seja lá o que for, em que género for, vai adorar esta entrevista escrita em estilo " história de vida do autor". Mesmo para quem não escreve este livro é precioso para conhecer um pouco melhor este escritor. 


O autor Gabriel  à esquerda, e o entrevistador Plínio à direita)

Sem comentários: