segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Como sobreviver aos comentários negativos nos seus livros


Todos os autores publicados na amazon, desde os autopublicados aos que têm por trás uma editora convencional, estão sujeitos à apreciação dos leitores, e essas críticas ficam visíveis para o público em geral. Portanto, quando colocar o seu livro na plataforma certifique-se que está bem formatado, não tem erros de digitação ou de gramática e sobretudo que a sua história agrada aos leitores do género em que escreve. Como é que sabe se a sua história agrada? Coloque o livro numa plataforma para leitores e deixe-o lá ficar durante um bom tempo antes de publicar. Vai ter respostas às suas dúvidas. Ou, melhor ainda, entregue o livro impresso a duas ou três pessoas das suas relações dizendo que é um inédito de outro autor e peça-lhes que leiam e escrevam a sua opinião.

Mas hoje vou falar de comentários negativos, o terror do escritor principiante. Quem navega nos sites da livraria da amazon já leu dezenas, senão centenas de comentários negativos e alguns bem destrutivos – mesmo em autores consagrados – só porque sim, porque o leitor estava zangado com algum aspecto do livro.

Muitas vezes as criticas apesar de duras são verdadeiras, acredite que o leitor apercebe-se melhor que o escritor que não tem quem faça a revisão do livro, das gralhas, desfasamentos, repetições desnecessárias, ou até da fixação do escritor em alguma coisa que se torna irritante para o leitor. Basta você escrever «músicos da América do sul» em vez de «músicos peruanos» e isso pode fazer a diferença para um leitor de nacionalidade brasileira que fica a acusar o escritor de não saber geografia e de incluir todos os países na América do norte. Já aconteceu comigo. E, pensando melhor sobre o assunto, resolvi emendar todos os pontos que a crítica continha por achar que era válida – ainda votei no avaliador – mas também constatei que alguns avaliadores da Amazon só apontam as criticas e nem sempre com a melhor das intenções, apesar de dizerem que sim, podiam simplesmente devolver o livro que o escritor iria saber interpretar a devolução.

Se você for ver as críticas de um avaliador que deu uma estrela a um livro, a maioria das avaliações desse avaliador, por norma, são muito baixas e contundentes. Portanto não desanime, nem sempre o problema é com a sua história, basta você irritar o leitor com algum pormenor que lhe escapou. Portanto, um ponto a pedir aos seus leitores betas a avaliar é pontos que possam ser controversos (politica, religião, geografia, musica, cultura etc) que possa ser ofensivo para os seus leitores, mas não deixe de escrever sobre o que gosta e de transmitir a mensagem que quer. Outra das acusações dos avaliadores é o livro ser a opinião do escritor sobre um determinado assunto. Evidente que é, a escrita é sempre um exercício de dentro para fora, mas se for só isso tornar-se num livro de auto- ajuda, de filosofia e não num romance mais ou menos fantasioso.


Mas nem tudo está perdido. Se verificar os livros dos escritores famosos, publicados por editoras convencionais, todos têm avaliações de uma e duas estrelas e até já vi uma avaliação de um livro que vai sair filme em breve, a dizer que a história era plágio. Há de tudo e gente para tudo. Um dos autores que colabora com a amazon escrevia, num artigo no facebook da Kindle amazon que ter críticas negativas é sinal que o seu livro é autêntico, é impossível ter só boas criticas, não se consegue agradar a todos os leitores. Portanto siga em frente, e tente aprimorar o seu trabalho, continue a escrever. Boa sorte e até ao próximo post.  

Sem comentários: