sábado, 26 de dezembro de 2015

Fernanda França - Uma escritora multifacetada

Conheci virtualmente a Fernanda França, há cerca de dois anos no Wattpad quando comecei a publicar os meus livros naquela plataforma, ainda a apalpar terreno e com receio de me mostrar numa área completamente nova para mim: a escrita.

A Fernanda foi uma das escritoras que me acolheu e tenho verificado nela sempre uma palavra de conforto e incentivo aos novos escritores, o que é de louvar neste meio onde há tanta gente a tentar derrubar outros escritores de forma pouco digna. Dos livros da Fernanda li "Contra Corrente", uma história de espionagem, mistério e romance, uma história que me envolveu e que gostei bastante e agora estou a terminar de ler "Depois daquele dia", um romance com drama, bem ao meu gosto. A Fernanda é uma autora multifacetada, escreve em vários géneros, escreve bem e tem uma imaginação fértil no bom sentido: sabe construir um enredo que nos prende. Leiam vocês o que a autora respondeu às minhas perguntas.

Hoje trago-vos uma entrevista da autora para que a fiquem a conhecer melhor. Fernanda tem um livro publicado por uma editora e publica como autora independente na amazon. 


R: Uma garota cheia de sonhos, que acredita no bem e na simplicidade, e que apenas quer ser ela mesma. Amo escrever, adoro ler, viajar, ir ao shopping, praia, AMO cinema e não dispenso a companhia dos amigos. Sou simples, boa amiga e AMO viver.

2-      Como começou a escrever e como tem sido esta experiência depois de vários livros escritos.

R: Comecei aos 15 anos, iniciei pequenos roteiros de novelas que nunca saíram do papel,mas só quando minha irmã me mostrou as poesias dela e me incentivou a escrever as minhas, é que pensei em livros, por que tínhamos um sonho de publicar algo juntas.

3-      A Fernanda publica com a editora Bezz, mas também como autora independente. Fale-nos um pouco das vantagens e desvantagens das duas formas de publicar, no seu entender.

R: No momento estou me desligando da editora, mas só tenho a agradecer pela oportunidade, respeito e carinho comigo, foi uma ótima experiência, pude saber um pouco mais como funciona o mercado literário brasileiro, no entanto, ser indie te dá mais controle e mais mobilidade com o seu trabalho, mas ambas foram importantes pra visão que tenho hoje.

4-      Como você planeia os seus livros?

R: Não tenho muitas dificuldades, eu anoto os pontos principais quando surge uma ideia e vou desenvolvendo de acordo com o que vou escrevendo. Geralmente tenho o fim do livro em mente quando começo, mas posso mudar durante o processo de escrita, não me prendo sempre em agradar ao publico, se for necessário pra mostrar o que quero, me arrisco numa vertente diferente do que os leitores querem e espero os resultados

5-      Contra Corrente é um livro cheio de acção e mistério, e os outros? Em que género você se sente mais à vontade?

R: Tirando o erótico ou dito hot, eu gosto de me aventurar nos géneros, tenho comédia, conto de terror, ação, drama e romance adolescente. Adoro poder brincar com todos, mas o que me fascina é o romance sem dúvidas.

6-      Por último quer deixar algum conselho aos escritores iniciantes?

R: Leiam muito, escrevam muito, ouçam muito, dessa forma você será uma pessoa melhor, um escritor melhor, e um profissional melhor. Além disso, não desistam dos seus sonhos, por que se você acreditar neles, eles podem sim se tornar realidade.

Obrigada pelo convite, sucesso à todos e até a próxima.

A entrevista foi feita e respondida por escrito. Para consultarem a obra da autora na amazon, carregue aqui. 

Sem comentários: