quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Tenho histórias para contar e não sei como pô-las no papel. O que devo fazer?

Em primeiro lugar saber qual é o tema da história que vai contar. Depois do tema definido, deve pensar se tem ferramentas adequadas para dar vida à sua história.
O ideal seria fazer um curso de escrita criativa e hoje em dia não é difícil faze-lo mesmo que seja online. Em Portugal há escritores consagrados a darem cursos quer na internet quer presencialmente. Aconselho-vos a procurarem o nome de Pedro Chagas Freitas ou João Tordo, dois escritores com um nível de excelência na escrita e que dão cursos online para quem não tem tempo de assistir a aulas. Se tiver tempo inscreva-se num ou em vários ( um de cada vez)é bem mais divertido pela partilha que se estabelece entre os alunos e professores. Em Lisboa existem sempre cursos de escrita criativa dados por professores universitários a decorrerem, façam uma boa pesquisa e decerto encontram.
Quanto custa um curso deste género? Algumas centenas de euros (300/400 ou mais) por cada um, quer sejam online ou presenciais.
No entanto, por mais que estude escrita criativa se não tiver «queda para a coisa», não adianta. Não desanime. Comece por ler muitos livros e de todos os géneros porque todos os escritores são também leitores. Observando a forma como outros escrevem serve para definir o seu estilo pessoal e saber em que género literário se sente mais à vontade.
Mas comece por fazer uma auto-avaliação. Já escreveu alguma coisa? Artigos científicos, pequenos contos, romances que ficaram na gaveta ou está mesmo a começar?
Para se avaliar pegue em algo que já tenha escrito e veja:
A forma como usa a pontuação.
A construção frásica.
Os erros ortográficos
As figuras de estilo
Facilidade ou não em usar as palavras
As ideias e o seu desenvolvimento e por último o seu estilo pessoal.
A partir de agora este blog vai servir também para ajudar os autores independentes (aqueles que não conseguem publicar nas editoras convencionais) a desenvolverem as suas capacidades e a não terem medo de apostar na escrita, quem sabe tem um talento escondido.
Boa sorte.
«O saber é para partilhar, caso contrário não serve a humanidade.»

Autor desconhecido

Sem comentários: